RECENTES

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

"Procuro-te" de Lesley Pearse [Opinião Literária]

Título: Procuro-te
Autora: Lesley Pearse
Editora: Edições Asa

Sinopse:
Daisy tem apenas vinte e cinco anos quando a mãe morre nos seus braços. Embora saiba há muito que foi adoptada, sempre se sentiu amada pelos pais e pelos irmãos. Para Daisy, aquela é a sua família. Todavia, o luto vai abalar o equilíbrio doméstico e revelar rivalidades encobertas. A serenidade dá lugar à devastação, e a jovem sente que é a altura certa para partir em busca das suas raízes e confrontar-se com o passado.
Na ânsia por saber mais sobre Ellen, a sua mãe biológica, e à medida que vai desvendando a história da família, Daisy descobre as duras verdades por detrás do seu nascimento. Dotada de uma inabalável determinação, Ellen sobrevivera a uma infância traumática: a morte da sua própria mãe estava envolta numa aura de mistério e os maus-tratos de que fora vítima às mãos da madrasta haviam-na marcado irremediavelmente. O destino quis que a sua coragem fosse constantemente posta à prova. O tempo encarregou-se de apagar o rumo dos seus passos.
Mas Daisy não desistirá de a encontrar, nem que para tal tenha de renunciar ao amor da sua vida.

Opinião:
Uma estória sobre o passado intrinsecamente entrelaçado com o presente e que abalará o destino de uma jovem que apenas quer pertencer. Daisy parte numa busca pela sua verdadeira origem, sem prever as consequências que lhe trará. A sua ligação com a sua família adotiva, assim como a sua relação com Joel, seu namorado, será posta à prova.
Contudo, grande parte da narrativa incide sobre a estória de Ellen, mãe biológica de Daisy, uma mulher forte cuja vida não teve falta de dissabores. Neste enredo assente no passado surge também Josie, irmã de Ellen, uma pessoa problemática e conflituosa. A relação de ambas foi para mim o ponto fulcral da obra e que potenciou momentos muito emocionais.
O desenlace final é aterrador. Inicialmente pensei que seria apenas uma estória um pouco banal mas esta obra deixou-me estarrecida. Apenas no fim temos plena noção da complexidade de toda esta dinâmica familiar e dos segredos obscuros escondidos no passado. No fundo, é uma estória dramática apaixonante, com uma componente de suspense e mistério extremamente eficaz, que nos relembra como o passado volta sempre para nos assombrar.

32 comentários:

  1. Nunca li nada de Lesley Pearse mas ando cheia de vontade:) Boa review como sempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado ^^
      Acho que devias apostar na autora, surpreendeu-me muito com as duas obras que li dela, não são os típicos romances que as capas levam a crer!

      Eliminar
    2. A minha mãe tem alguns por isso tenho de ir à prateleira dela "roubá-los":P
      Acho que o preferido dela é o "Nunca me esqueças". Tenho de os ler:)

      Eliminar
    3. Aproveita então :P
      A tua mãe tem bom gosto! ;)

      Eliminar
  2. Foi a minha estreia com ela *.* Presente de Natal.. e recebi-o a dobrar xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recebeste dois livros iguais? Que pontaria xD

      Eliminar
    2. Pelo menos eram bons livros xP Significa que conheces pessoas com bom gosto ^^

      Eliminar
    3. Um foi eu que comprei e o outro foi a minha prima. Coitada ficou tão traumatizada que só me voltou a comprar livros 2 ou 3 anos depois xD

      Eliminar
    4. Ohhh devia ter ficado orgulhosa, pelo menos acertou em cheio nos teus gostos! :P

      Eliminar
  3. Cativante, empolgante, fantástico! Adorei este livro! Tenho muita dificuldade em dizer qual o meu livro preferido de Lesly Pearse... Gosto de todos. Confesso que este me tocou de uma forma especial e não sei porquê!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um livro de facto muito especial :) O desenlace final é surpreendente e trágico, deixou-me emocionada!
      Quais já leste da autora para além deste?

      Eliminar
    2. Para grande infelicidade minha só li mais dois (cof... cof).
      O primeiro que li foi o "Nunca me esqueças", uma prenda de Natal. Li-o, fiquei fã e arrastei o meu "exército" de amigas atrás! Depois li "Segue o teu coração" e, à cerca de um ano este. São todos muito bons! Em dezembro se tivesse dinheiro à mão quando fui à fnac ia cometer uma loucura: comprar os restantes livros que já foram publicados em Portugal (eram 3 pelo preço de dois) mas não tinha dinheiro suficiente comigo e tinha deixado o cartão em casa... Infelizmente acabei por não voltar lá. Tens de ler mais Lesley Pearse... O único que te posso emprestar é o primeiro, se quiseres!

      Eliminar
    3. Silvana, posso-te emprestar o Procuro-te se quiseres ;)

      Eliminar
    4. Que grande (e deliciosa) loucura que tu ias cometer!! xP
      Uhuuu agradecia-te imensoooo se me emprestasses esse ^^ Mas moras no Porto? :/

      Eliminar
    5. Obrigada Catarina! Já li o Procuro-te, foi o mais recente!

      Eliminar
    6. Pois era Mónica!!! Infelizmente não moro no Porto! Moro um bocadinho mais acima (Fafe)!! Não sei se irei brevemente ao Porto, mas de qualquer modo acho que dá para enviar por correio!

      Eliminar
    7. Quem diz o Procuro-te diz qualquer um dos meus que tenha disponíveis ^-^ O mesmo para ti Monica :D

      Eliminar
    8. Silvana e Catarina: Ohhh e não vou estar a dar trabalho? Nunca troquei livros pelo correio :P

      Eliminar
    9. Nem por isso... eu já passo a vida nos correios ^_^

      Eliminar
  4. Não dás nada!! Eu também nunca troquei livros pelo correio. Só recebi e até ao momento não tive problemas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vocês são uns amores! :P Então quando tiver férias (sim porque agora com o estágio o meu tempo para ler é muito curto) posso vos chatear e pedir? :P

      Eliminar
  5. Não tens de quê! :) Se entretanto for ao Porto entro em contacto contigo e posso levar-to!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigadíssimo ^^
      E já sabem, se quiserem algum dos meus livros é só pedir :P

      Eliminar
  6. Olá,

    Nunca tive a oportunidade de ler esta escritora, mas que já tenho um livro na estante a aguardar vez, pelo que sei tem muita qualidade.

    Curioso que quem vê as capas dos livro associa a livros de romance, quando na realidade é mais romance histórico :D

    No entanto ao ler o teu comentário tanto pode ser mais do genero policial, seja como for o importante é que gostaste ;)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As capas enganam muito mesmo!

      Quanto ao género, não é propriamente um policial clássico, mas contém um mistério/tragédia do passado e pouco a pouco vamos desvendando o que realmente aconteceu... Por isso tem algum suspense :)

      Beijinhos e boas leituras!

      Eliminar