RECENTES

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

"Para a Minha Irmã" de Jodi Picoult [Opinião Literária]

 

Título: Para a Minha Irmã
Autora: Jodi Picoult
Editora: Civilização Editora

Sinopse:
Anna não está doente, mas bem poderia estar. Aos treze anos de idade já passou por várias operações, transfusões e injecções para ajudar a irmã, Kate, que sofre de leucemia. Anna nasceu com esta finalidade, disseram-lhe os pais, e é por isso que eles a amam ainda mais. Mas agora ela não pode deixar de se questionar sobre como seria a vida dela se não estivesse presa à irmã… e toma uma decisão que, para a maioria das pessoas da sua idade, seria quase impensável.

Opinião:
Esta estória corresponde a um dilema impossível: como é possível uma mãe arriscar a vida de um filho em prol da sobrevivência de outro? Mas como pode uma mãe deixar um filho morrer sem fazer tudo o que está ao seu alcance para o salvar? Qual o lado que escolheria? Não sei, mas é esta a beleza das obras de Jodi Picoult: esta autora revela as diferentes perspetivas de cada lado, com todas as suas particularidades. O seu objetivo não é oferecer a sua opinião sobre o assunto, é levar o leitor a considerar várias hipóteses e compreender ambos os lados da questão.
A autora oferece ao leitor inúmeros pontos de vista: o ético, o legal, o emotivo… E é este último que realmente se destaca. Entre sentimentos como a dor da perda, a ansiedade, a angústia, o amor e a amizade fraternal, a autora consegue transmitir a perspetiva de cada uma das personagens, quaisquer que sejam as suas características (adolescente, familiar, advogado,…).
Este não é um livro fácil, sem dúvida alguma. É um livro denso, pesado, psicologicamente forte. É também uma estória sobre personagens reais, que poderiam muito bem ser pessoas reais e que – em algum ponto no mundo – corresponde à realidade de uma família. Esta obra possui uma beleza tão marcante na sua simplicidade: é uma estória humana sobre a capacidade inesgotável de lutar por quem amamos. 

Para quem viu o filme, este foi uma boa adaptação mas diverge em alguns pontos (inclusive no desenlace final). Sem dúvida que recomendo a sua leitura em detrimento da sua adaptação cinematográfica.

8 comentários:

  1. também lhe dei as 5* :p lindo, lindo, lindo!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo lindo, aliás como quase todas as obras desta autora :)

      Eliminar
    2. Eu já li 7... O "Para a Minha Irmã" e o "Dezanove Minutos" foram os que gostei mais :)

      Eliminar
    3. Pois, eu sei, lembro-me de ter visto a tua opinião! Eu ainda não li esse...

      Eliminar
    4. Não foi bem uma opinião... foi mais um desabafo xD

      Eliminar