RECENTES

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Mount TBR Reading Challenge [Checkpoint - Junho]


Mais uma vez é altura de analisar o meu progresso no desafio Mount TBR, proposto pelo blogue My Reader’s Block. No início do ano propus-me a “escalar” o Mount Blanc, ou seja, a ler 24 livros da minha pilha “por ler” (livros adquiridos antes de 2013) . Até agora li 7 livros para este desafio, o que significa que, dos 4810m de altura desta montanha, “escalei” cerca de 1403m!
Além disso, escolhi responder a uma das perguntas propostas pelo My Reader’s Block, à qual ainda não tinha dado resposta: 

B.      Qual a leitura mais difícil até agora e porquê?

Apesar de ter adorado este livro, considero “O Nome da Rosa” de Umberto Eco uma obra complexa e de difícil leitura, principalmente pela abordagem de questões culturais, históricas, filosóficas e religiosas que não domino. Foi necessária uma grande ginástica mental e alguma paciência para seguir as linhas de pensamento nalgumas situações. A falta de tradução das frases em latim constituiu outro entrave à leitura, na medida em que sinto que perdi grande parte da subtileza do discurso e da natureza das críticas que o autor pretendia transmitir. Não é de facto uma leitura fácil, mas é uma obra riquíssima que aconselho vivamente.

15 comentários:

  1. Eu adorei o nome da rosa...Fiquei tão vidrada nele que li de uma penada, mas a minha edição também não tem traduzido o latim. É uma pena...Acho que o livro mais complicado que li este ano, até agora, foi um do Llosa, demorei um mês a acabar.

    Parabéns pelo blog, já estou a seguir :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que nenhuma edição portuguesa tem traduzidas as partes em latim, o que é uma pena porque tenho a sensação que perdi algumas passagens muito belas :/ Nunca li nada do Llosa, também me parece um autor complexo.

      Ohh obrigada *.* Acho que não apareces na lista de seguidores mas pode ser o GFC a passar-se :S

      Eliminar
    2. É um pouco complexo, mas vale bem a pena...Estava-me a referir ao leitor de feeds, mas vou seguir também pelo google :)

      cumps

      Eliminar
    3. Ahhhhhh xD Desculpa, assumi logo que era pelo GFC, é o hábito! --' Não precisas de seguir por aí, achei que era a isso que te referias mas não há problema! Já fico feliz com a visita :P

      Boas leituras! ;)

      Eliminar
  2. Vi um teatro baseado n' "O Nome da Rosa" no convento de Cristo, em Tomar e adorei!! Quero ler o livro em breve! Mas este também é daqueles que me intimida exatamente por não parecer ser uma leitura fácil... :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A estória é fantástica, só por aí já se torna viciante. Mas sim, tens que ter tempo e paciência para ler algumas passagens e refletir nos assuntos da obra, e tens que ter a noção que muita coisa te vai passar ao lado porque são temas muito complexos (não estou a insultar a tua inteligência ou cultura geral claro, até podes saber muito destas áreas, mas a nossa formação académica de base até ao 12º ano pelo menos não aborda nada disto)...

      Eliminar
    2. Ahahah! Claro, imagino... :p
      Tenho de esperar alguns aninhos para o ler!! ;)

      Eliminar
  3. Congratulations on your progress! The Name of the Rose is a bit difficult--but well worth it I think. One of my favorites. Thanks for checking in. And good luck with the rest of your climb!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you!
      The Name of the Rose can be quite difficult but it has been one of my favorite reads of the year so far :)

      Eliminar
  4. Tenho "O Nome da Rosa" na pilha de livros por ler. Espero pegar nele este verão :)
    E provavelmente vou sofrer o mesmo que tu sofreste...a minha edição é muuuuuuuuito antiga...duvido que tenha a tradução das partes em latim :(
    Gostei imenso deste Desafio...mas este ano optei por não entrar em nenhum...foi um ano academicamente complicado :p
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, a maior parte das edições não tem a tradução, é mais complexo de acompanhar :/
      Espero que tenha sido um ano academicamente gratificante pelo menos ;)

      Beijinhos e boas leituras!

      Eliminar